in ,

Guia prático com os pets no Natal/Ano Novo

Festas de final de ano são sempre um momento de alegria e celebração, mas para muitos proprietários de animais é também uma época de muitas dúvidas e dores de cabeça.

Conforme dezembro vai avançando aproximam-se as viagens e as dúvidas sobre o que fazer com o bichinho de estimação. Se você tem um cão de pequeno ou médio porte sociável, muito ligado com a família as melhores opções são:

1º: Levá-lo junto

2º: Deixá-lo na casa de algum amigo ou parente próximo.

3º: Pedir para que alguém de confiança cuide dele diariamente na sua própria casa (de preferência duas vezes ao dia)

4º: Levá-lo para um pet shop com serviço de hotel

Se seu animal for de médio ou grande porte e não for acostumado andar de carro escolha a terceira opção.

Se você tiver um gato opte pela terceira opção sempre. A viagem e a mudança de ambientes são fatores muito estressantes para os gatos e os deixam mais susceptíveis a acidente como quedas em sacada, brigas com outros animais, fugas ou atropelamentos. Jamais deixe seu gato em um hotel para animais.

Outro problema frequente são os fogos de artifícios. Os cães e gatos tem a audição muito aguçada, assim, o som dos fogos é muito incomodo e assustador para eles. Em casos extremos os cães podem ter crises convulsivas, se auto mutilarem ou destruírem objetos na casa. Uma boa opção são os florais para cães, eles são encontrados em pet shops. Se seu cão tiver fobia de fogos de artifício procure um médico veterinário,  pois provavelmente haverá necessidade de usar medicações mais fortes nesse período.

Na época das festas a nossa alimentação muda muito, mas não podemos mudar a dieta deles.  Alimentos como chocolate, cebola, uvas, bebidas alcoólicas e carnes gordurosas são muito perigosos para os pets e podem levar a graves quadros de diarréia, vômito e intoxicação. Mantenha a ração que seu pet esta habituado e não dê petiscos.

Ao tomar esses cuidados básicos podemos evitar diversos acidentes e garantir que teremos nossos animais de estimação conosco em 2016.

 

Autora: Dra. Fernanda Lanzelotti 

E-mail: igimenez@uol.com.br

O que você acha?

Escrito por Fernanda Lanzelotti

Médica Veterinária graduada na Unesp - Botucatu. Pós-Graduada em Acupuntura Veterinária e em clínica médica e cirúrgica de Felinos.
Os atendimentos são realizados no cunsultório da Clínica Veterinária Spécialité -Uberlândia -Mg

O maior coração do mundo… A baleia Azul

Bactérias e a formação do oxigênio na Terra Primitiva